quarta-feira, 16 de Novembro de 2011

Preparativos para o natal

Imagem via
Uma rápida conversa com uma educadora de infância me fez refletir sobre o assunto. Perguntei a ela como seria o natal na escola e pelo que percebi haveria muitos trabalhos com esse tema, usando principalmente a figura do "Pai Natal" (Papai Noel no Brasil) nas decorações e canções visto que nem todos os pais seguiam uma religião. Eu argumentei que o natal era essencialmente algo associado ao nascimento de Jesus e não à religião, ao que ela prontamente me respondeu: mas aqui na escola não temos Jesus no natal. Essa conversa aconteceu no ano passado, mas penso que nesse ano será a mesma coisa. Pelo menos a professora foi atenciosa e sincera. 
E no seu natal, vai ter Jesus? 
Passeando pelos supermercados e folheando as publicidades que recebo na caixa de correios vi que nos lindos enfeites a temática principal é o tal senhor gorducho de barba branca e roupa vermelha. Não tenho nada contra esse senhor, nem contra enfeites, muito menos contra festas, mas acho que temos deixado de lado a origem do natal e seu significado. Experimenta digitar "natal" na pesquisa de imagens do google para ver a quantidade de símbolos natalinos como bonecos de neve, renas e afins. Natal não pode ser somente uma grande festa familiar com luzes, banquete e presentes, muito menos pode ser um ritual religioso conforme acontece em muitas igrejas com seus presépios e peças teatrais criativamente elaboradas. 
Celebrar o natal, além das tradições e culturas, deve incluir principalmente a gratidão pelo ato de amor que foi o nascimento tão particular e único de Jesus, e refletir em seu significado para a sua vida e para a humanidade. O natal deve ser lindo de dentro para fora. Com o  interior bem preparado e a casa enfeitada será um natal inesquecível.
Um natal sem Jesus é apenas uma bela reunião familiar onde a troca de presentes alegra e diverte, e a comida caprichada reconforta o corpo, mas não é natal. 

9 comentários:

  1. verdade renata eu cresci com os ensinamentos de um natal familiar e espero pode passa isso para o renan pois nos tempos de hj o real significado do natal está sendo esquecido beijos

    ResponderEliminar
  2. Ola Renata, esta é uma situação que presenciei muito por aqui, devido o país ser xintoísta ou budista na sua maioria, que os estrangeiros acabam por esquecer esse espírito natalino.Lindo texto.Super bjs

    ResponderEliminar
  3. Eu confesso que o natal sempre foi a minha festa favorita, mas nos últimos anos estou super farta, não me apetece festejar nada, nem festa de família, nem prendas, nem nada!

    ResponderEliminar
  4. Concordo, aqui em casa sempre pergunto a Filha o porque do natal para ver se vai lembrar o verdadeiro sentido, ela Responde comemoramos o nascimento de Jesus, mamãe, quero ler um trecho da bíblia para ela, acho que temos que brincar mas sem deixar o verdadeiro sentido esquecido, grande abraço.

    ResponderEliminar
  5. Re, adorei seu texto, e vou contar o pq:

    Nós somos cristãos sem religião. Acreditamos em Cristo, mas não participamos de nenhuma religião. Não costumo falar sobre isso pq causa uma certa polêmica e eu detesto esse tipo de discussão. Aqui em casa sempre tem Jesus no natal, e na páscoa, e no dia a dia também. Mesmo com a casa toda enfeitada as meninas sabem quem é o Senhor e qual o significado do natal.

    Acho uma pena esse esvaziamento de significado.

    Bjs
    Ia

    ResponderEliminar
  6. Natal virou apenas uma data comercial,onde o MAIS importante é dar e receber presentes.
    Muitos nem se lembram quem é o verdadeiro homenageado no dia 25 de dezembro.
    Bjus Cris

    ResponderEliminar
  7. Eu tenho apenas um Presépio, que monto no Natal... Queria muitooo uma Árvore. Associo a Árvore àquela Fábula das 3 Árvores, onde uma se transformou na manjedoura de Cristo, outra num barco e outra na Cruz :-( onde Jesus pagou por nossos pecados.
    http://sonoraemprosa.blogspot.com/2010/10/fabula-das-tres-arvores.html
    Quero um dia ter uma toda linda... e há anos vi um Artesanato que é fácil e vou procurar o tal círculo de acrílico um dia destes... agora ou mais tarde
    http://maisvoce.globo.com/MaisVoce/0,,MUL1393093-10339,00.html
    Quem não nasceu com presentes e festins natalinos ganhou o presente de admirar a união da família e eu fui uma destas. Sinto falta deste presente maior. Vô e Vó... clima familiar bom... Mas hoje podemos ter presentes, mas que não é nada comparável.
    Jesus é como diz o autor Augusto Cury... o Mestre dos Mestres e brilha no Natal, na Páscoa... mas deveria brilhar o ano todo.
    Como um Mestre, o único que já nasceu e era Humano e Divino. O Verbo que se fez Carne.
    Louvores sejam rendidos nesta noite aos que enxergam e desculpas sejam ofertadas pelos que não querem abrir os olhos.
    Inté!;-)

    ResponderEliminar
  8. Excelente post!
    Beijo e boa semana,
    Roberta, mãe dos gêmeos Rute e Miguel

    ResponderEliminar
  9. Vim até seu blog através do Recanto das Mamães Blogueiras. Parabéns pelo post, Jesus é a estrela principal do Natal e de todos os dias do ano também! Aqui em casa não entra Papai Noel, ele "sobra" mesmo... :)

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...